Evolução geomorfológica da borda ocidental da Serra da Canastra: proposição de taxonomia de relevo para estudos de áreas de transição

Autores

  • João Paulo Soares de Cortes Instituto de Ciência e Tecnologia das Águas - Universidade Federal do Oeste do Pará
  • Cenira Maria Lupinacci Depto. de Geografia - UNESP Rio Claro
  • Norberto Morales Programa de Pós-Graduação em Geociências e Meio Ambiente do IGCE-UNESP Rio Claro

DOI:

https://doi.org/10.20502/rbg.v23i4.2148

Palavras-chave:

Compartimentação Geomorfológica, Mapeamento Geológico e Estrutural, Superfícies de Aplainamento

Resumo

 A borda ocidental da Serra da Canastra é caracterizada como uma zona de transição entre dois domínios morfoestruturais distintos. A oeste, há a predominância dos terrenos fanerozóicos da Bacia Sedimentar do Paraná, constituídos por rochas sedimentares e ígneas depositadas em estratos sub horizontalizados. Estes terrenos estão dispostos
como planaltos residuais por sobre litologias metassedimentares pré-cambrianas da Faixa Brasília Meridional, que sustentam um relevo apalachiano típico com estruturas dobradas e falhadas. A evolução geomorfológica desta área envolve eventos de grande atividade crustal, como o Soerguimento do Alto Paranaíba e momentos de estabilidade climática e tectônica, quando foram desenvolvidas as superfícies de aplainamento encontradas na região. Apesar de haver informações sobre a evolução destes domínios morfotectônicos, estudos envolvendo áreas de interdigitação dos mesmos são relativamente escassos e
carecem de sistematização a nível taxonômico que permita a integração dos resultados de modo a agregar evidencias ao quadro evolutivo dessa região. Neste trabalho é investigado o quadro geológico e realizada uma compartimentação geomorfológica como subsídios para caracterização de uma cronologia relativa entre os eventos reconhecidos através da identificação das formas e processos geomorfológicos. É proposta ainda uma taxonomia do relevo que pode ser empregada em futuros estudos nesta e em outras áreas de transição. As evidencias encontradas são confrontadas com as informações já
disponíveis para elaboração de um quadro geomorfológico evolutivo para a borda ocidental da Serra da Canastra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-10-2022

Como Citar

de Cortes, J. P. S., Lupinacci, C. M., & Morales, N. (2022). Evolução geomorfológica da borda ocidental da Serra da Canastra: proposição de taxonomia de relevo para estudos de áreas de transição. Revista Brasileira De Geomorfologia, 23(4), 1858–1875. https://doi.org/10.20502/rbg.v23i4.2148

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)