ANÁLISE DE PERDA DO SOLO POR EROSÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO COREAÚ (CEARÁ-BRASIL)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20502/rbg.v20i3.1393

Palavras-chave:

Equação Universal de Perda de Solo, Processos Erosivos, Modelagem de Processos Erosivos

Resumo

O conhecimento da intensidade dos processos erosivos contribui para o planejamento ambiental de bacias hidrográficas, especialmente das bacias inseridas no contexto de semiaridez do Nordeste brasileiro, como é o caso da bacia hidrográfica do rio Coreaú, localizada na porção Noroeste do estado do Ceará. Este estudo tem por objetivo estimar as perdas de solos da bacia hidrográfica do rio Coreaú através do emprego da Equação Universal de Perda de Solo (USLE). O fator de erosividade das chuvas foi calibrado a partir de análises estatísticas de séries históricas de precipitações pluviométricas nos postos inseridos no interior da bacia em questão. As demais variáveis da Equação Universal de Perdas de Solos foram obtidas por meio de Sistema de Informação Geográfica (SIG), destinado à análise geoespacial da bacia hidrográfica. Em síntese, os resultados das análises obtidos pela USLE, demonstram que na bacia do rio Coreaú perde-se, em média, 15,80 t.ha-1.ano-1 de solos, sendo que que 993,709 Km2 da bacia do rio Coreaú apresentam perda anual de solo acima de 50 t.ha-1.ano-1, o que equivale a 9,4 % da área da pesquisa. Nessas áreas, os processos erosivos são bem mais intensos e, muitas vezes, ocorrem diretamente sobre a rocha exposta, pois o solo já foi totalmente carreado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Rodrigo Cunha de Sousa, Universidade Estadual do Ceará / Programa de Pós-graduação em Geografia

Doutorando em Geografia na Universidade Estadual do Ceará. Possui Mestrado Acadêmico (2018) e licenciatura em Geografia (2014) pela Universidade Estadual Vale do Acaraú e curso técnico em Eletrotécnica pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (2013). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em: Modelagem hidrológica, Sistemas de Informações Geográficas, Geotecnologias da Informação e Comunicação, Tecnologia da informação estatística, Sensoriamento Remoto, Sociedade e Natureza, Climatologia e Geomorfologia. Atualmente desenvolve pesquisas sobre Modelagem Hidrológica de Bacias Hidrográficas e monitoramento dos processos erosivos de praias arenosas no litoral de Caucaia (Ceará-Brasil).

Davis Pereira de Paula, Universidade Estadual do Ceará / Departamento de Geografia

É bacharel (2003) e licenciado (2004) em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará - UECE. Mestre (2006) pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da UECE com área de concentração em Análise Geoambiental e Ordenação do território nas regiões semiáridas e litorâneas. Doutor (2012) em Ciências do Mar, da Terra e do Ambiente, Ramo Ciências do Mar, especialidade em Gestão Costeira pela Universidade do Algarve, Portugal. Foi professor do curso de Engenharia Civil da Universidade Estadual Vale do Acaraú-UVA, no período de abr/13 à mar/16. Atualmente é professor da Universidade Estadual do Ceará, coordenador dos cursos de Geografia e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UECE. Também é professor colaborador do Mestrado Acadêmico em Geografia - MAG da UVA. Atua como pesquisador do Laboratório de Geologia e Geomorfologia Costeira e Oceânica da Universidade Estadual do Ceará. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Gestão Costeira e dinâmica de eventos extremos de onda, atuando principalmente nos seguintes temas: História ambiental, Interação Homem-Meio, Ressacas do Mar, Gestão de Ambientes Costeiros e Impactos Socioambientais em Comunidades Litorâneas. Atualmente é coordenador brasileiro da Rede Braspor, que trata-se de uma rede informal de cientistas do Brasil e de Portugal que se dedicam a estudar os ambientes costeiros e suas sinergias.

Downloads

Publicado

01-07-2019

Como Citar

Sousa, F. R. C. de, & Paula, D. P. de. (2019). ANÁLISE DE PERDA DO SOLO POR EROSÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO COREAÚ (CEARÁ-BRASIL). Revista Brasileira De Geomorfologia, 20(3). https://doi.org/10.20502/rbg.v20i3.1393

Edição

Seção

Artigos